7 DICAS de como se preparar para um parto humanizado

como-se-preparar-para-um-parto-humanizado

As mulheres têm se interessado em terem seus filhos de uma forma mais gentil. Nesse contexto, muitas se perguntam sobre como se preparar para um parto humanizado. Será que há algum preparo especial? O que devo fazer para ter um parto assim?

1. Informe-se sobre o assunto

Entender o que realmente é o parto humanizado é essencial para fazer essa escolha. Para isso, você pode ler sobre o assunto em diversos meios de divulgação, como blogs e instagram. Mais do que isso, pode também procurar relatos de pessoas que viveram partos humanizados.

Cuidado para não cair em mitos sobre o assunto! Sempre tire dúvidas com profissionais responsáveis, que trabalhem com evidências científicas.

Por exemplo, algumas pessoas acreditam que parto humanizado é necessariamente na banheira, o que não é verdade. O parto humanizado preza pelo conforto da mãe, portanto o local e posição de parir vai depender dos desejos da mulher. 

Outra mito que existe é que no parto humanizado os profissionais “forçam”a mulher a ter um parto normal. Se um dos principais valores da humanização do parto é o respeito a mulher e a criança, essa afirmação não faz sentido. A segurança e o bem-estar da mãe e do bebê estão em primeiro lugar. Portanto, se houver algum risco para algum dos dois, algumas intervenções podem ser necessárias. 

Além disso, algumas pessoas acreditam que parto humanizado é sinônimo de parto domiciliar. Isso também não é verdade. Hoje em dia, existem várias maternidades contam com equipe e estrutura adequadas para a condução de um parto humanizado

Temos vários textos sobre parto humanizado no nosso BLOG, aproveite para ler mais!

2. Procure se conhecer

O autoconhecimento é um grande aliado para qualquer mulher quando o assunto é parir. Quando uma pessoa se conhece, ela sabe como gosta de ser tratada, quais são seus medos, o que pode ser desafiador pra ela. Com isso, ela consegue definir uma série de coisas, como: 

  • qual tipo de profissional ela quer durante seu parto; 
  • qual ambiente lhe traz mais segurança e conforto;
  • quais estratégias vai usar para enfrentar seus medos.

Por exemplo, o medo mais comum relacionado a isso é o medo de não aguentar a dor do parto. Esse medo vem sendo passado de geração em geração, e ele aumenta muito a ansiedade relacionada a parir. Entender a dor como um processo natural e que tem um fim pode ajudar. Além disso, você pode pensar em formas de enfrentamento da dor: 

  • Métodos não-farmacológicos de alívio da dor;
  • Analgesia de parto (aplicada por anestesista);
  • Hipnose (Hypnobirthing);

É importante procurar conhecer vários métodos, pois eles podem até serem utilizados juntos. Além disso, é bom entender as limitações e os riscos relacionados a cada forma de alívio da dor. Tudo isso é essencial para se preparar para um parto humanizado. 

Aproveite e baixe nosso guia: 7 dicas para um parto sem dor.

3. Encontre uma equipe de parto humanizado

Esse passo é fundamental. Cada profissional tem uma forma diferente de trabalhar, por isso é essencial que você escolha alguém que trabalhe com os mesmos valores que você. 

Converse com mulheres que já tiveram filhos, ouça a experiência delas, faça buscas na internet. Quando mais cedo no pré-natal você encontrar uma equipe que você goste, melhor será para a construção do vínculo. 

4. Faça cursos de preparo para o parto

Preparar a cabeça e o coração para o momento do parto é muito importante. Nesses cursos, você pode aprender várias coisas, como:

  • as fases do trabalho de parto;
  • a função de cada profissional que assiste ao parto;
  • as diversas formas de alívio de dor no parto;
  • as posições nas quais se pode parir;

Esses cursos são excelentes oportunidades para tirar dúvidas. É legal que seu parceiro também vá nos cursos, assim ele poderá entender também o papel dele nesse contexto. 

5. Escolha com cuidado quem vai te acompanhar no parto

A maioria das mulheres escolhe ser acompanhada pelo seu parceiro, pai do bebê, durante o parto. É importante deixar claro que toda gestante tem direito a um acompanhante na hora do parto. Essa pessoa não precisa, necessariamente, ser seu companheiro. Procure escolher alguém que te conhece intimamente, que te dá força e que te apoia em suas decisões. Pode ser também sua mãe, irmã, amiga…

6. Cuide-se durante a gestação

Para ter um parto sem muito estresse, é importante que a gravidez seja saudável. Para isso, é importante ter o corpo e a mente em equilíbrio. 

Quando nos alimentamos bem, controlamos nossos problemas de saúde, fazemos atividades físicas, o corpo fica mais saudável. Por isso é tão importante ser acompanhada na gestação por profissionais que te vejam como um todo. Nesse contexto, fazer acompanhamento nutricional, por exemplo, pode ser muito útil. Com alimentação balanceada e ajustada para cada parte da gravidez, fica mais fácil preparar o corpo para o parto. Além disso, algumas mulheres têm indicações para fazer fisioterapia pélvica, para fortalecimento e controle dos músculos do períneo, o que pode ser muito importante para um pós-parto tranquilo. 

Contudo, não é só o corpo que importa para um parto bem sucedido, a mente também precisa estar em equilíbrio. Se uma mulher chega ao parto com a cabeça cheia de preocupações, isso pode refletir no processo de parir. A gravidez, por si só, é um momento de grande transformação, que pode trazer conflitos para algumas mulheres. Além disso, a ansiedade é uma queixa frequente durante a gravidez, principalmente no final dela. Sempre que possível, é interessante que a mulher faça um acompanhamento psicológico durante a gravidez e o pós-parto. 

7. Desfrute de cada etapa do seu parto

Quando você já sabe como se preparar para um parto humanizado e você está bem orientada pela sua equipe, é hora de esperar o momento certo chegar. Quando ele chegar, curta cada etapa, pois o parto é uma vivência única e transformadora.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

Logo branca
Diretora Técnica
Dra. Quésia T.M.F. Villamil
CRM-MG 40477
 
Rua do Ouro 1.488 – 2º andar • Serra

CEP 30210 – 590 • BH – MG

(31) 3646-3646
WhatsApp (31) 98222-2829

contato@institutovillamil.com.br

ÚLTIMA NOTÍCIA

FAÇA-NOS UMA VISITA

Copyright © 2020 Instituto Villamil  |  Desenvolvido por Auditore Ideias Estratégicas

WhatsApp chat